SIQUEIRA, M. Como surgem as operações urbanas consorciadas? Estabilidade e mudança na política urbana brasileira. arq.urb, [S. l.], n. 33, p. 4–16, 2022. DOI: 10.37916/arq.urb.vi33.529. Disponível em: https://revistaarqurb.com.br/arqurb/article/view/529. Acesso em: 4 jul. 2022.