Teoria e práticas urbanas: estética, conhecimento e o traçado urbano da cidade de Erechim/RS

Palavras-chave: Morfologia urbana, Plano urbano, Parcelamento do solo

Resumo

Erechim foi desenvolvida a partir de um plano urbano idealizado pelo Engenheiro Civil Carlos Torres Gonçalves. A forte presença de formas geométricas retilíneas indicava uma similaridade para com outros desenhos urbanos, como por exemplo, as cidades de Paris (França), Belo Horizonte (Brasil). Para tanto, o presente artigo tem como objetivo desenvolver uma análise morfológica e ideológica sobre a cidade de Erechim. Os procedimentos metodológicos se estruturam em uma pesquisa exploratória, de natureza qualitativa. Foi realizado um levantamento histórico, com análises dos processos de formação da cidade e de seu traçado urbano. Tal conjuntura permitiu estabelecer o recorte temporal entre o ano de formação da Colônia de Erechim, 1904, até a implantação do traçado urbano em 1914. Algumas particularidades são observadas nesse processo de conformação da cidade, como os eixos norte e sul delineados pelas vias que priorizam a circulação. Notou-se que, ao mesmo tempo em que há um discurso revelando que o traçado urbano de Erechim se inspirou em Paris, há também, por outro lado, a representação da ideia de que a cidade se configurou segundo os preceitos do saber erudito da época, assim como, também seguiu algumas diretrizes estabelecidas na época para o parcelamento do solo urbano.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Camila Nardino, Faculdade Meridional (IMED)

Arquiteta e Urbanista, Especialista em Arquitetura Comercial, Mestranda do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Arquitetura e Urbanismo da Faculdade Meridional (IMED).

Dirceu Piccinato Junior, Faculdade Meridional (IMED)

Doutor em Urbanismo e Docente do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Arquitetura e Urbanismo da Faculdade Meridional (IMED).

Referências

AVER, Ivana Karine. Erechim, processo e projeto: relações estruturais entre traçado viário e desenvolvimento urbano. 2008. Dissertação (Mestrado em planejamento urbano e regional). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2008.

BENEVOLO, Leonardo. História da cidade. São Paulo: Perspectiva, 1991.

BENINCÁ, Dirceu. Severiano de Almeida e sua história. Passo Fundo: Berthier, 1990.

BERTONI, Angelo. A trajetória profissional no estudo da circulação de saberes sobre a cidade. In: SALGADO, Ivone; BERTONI, Angelo (orgs.). Da constru-ção do território ao planejamento das cidades: competências técnicas e saberes profissionais na Europa e nas Américas (1850-1930). São Carlos: Ri-MA Editora, 2010.

BIANCHINI, Greisi Mara et al. Erechim: A trajetória de Formação Urbana do Município. In: 1º Congresso Internacional de Tecnologias para o Meio Ambiente, 2008. Bento Gonçalves. Anais... Bento Gonçalves, 2008

CAMPOS, Cristina de. Ferrovias e saneamento em São Paulo: o engenheiro Antonio de Paula Souza da rede de infra-estrutura territorial urbana paulista, 1870-1893. 2007. 411 f. Tese (Doutorado) - Curso de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007.

CHIAPARINI, Enori José; SMANIOTTO, Maria Lúcia Carrarro; FÁBRIS, Neivo Ângelo; HACHMANN, Roberto. Erechim: Retratos do Passado, Memórias do Presente. Erechim: Graffoluz, 2012.

DUCATTI NETO, Antonio. O Grande Erechim e sua História. Porto Alegre: Grafosul, 1981.

FÜNFGELT, Karla. História da paisagem e evolução urbana da cidade de Ere-chim – RS. 2004. Dissertação (Mestrado em Geografia). Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2004.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo Atlas, 2002

GITAHY, Maria Lucia Caira. Estudos de História e Fundamentos Sociais da Arquitetura e do Urbanismo em São Paulo. In: GITAHY, Maria Lucia Caira (org.). Desenhando a cidade do século XX. São carlos: RiMA, 2005.

IBGE, Cidades. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/. Acesso em: 15 de out. 2019

IOTTI, Luiza Horn (org). Imigração e Colonização Legislação de 1747 – 1915. Porto Alegre: EDUCS, 2001.

JEUDY, Henri-Pierre. Memórias do Social. Rio de Janeiro: Forense Universitá-ria, 1990.

KARNAL, Oscar da Costa. Subsídios para a história do município de Ere-chim. Porto Alegre: Livraria do Globo, 1926.

LEFEBVRE, Henri. A revolução Urbana. Belo Horizonte: UFMG, 2002.

LEFEBVRE, Henri. O direito à cidade. São Paulo: Centauro, 2001.

MINAYO, Maria Cecília de Souza. Pesquisa social: Teoria, método e criativi-dade. 31 ed. Petrópolis: Vozes, 2011.

PEZAT, Paulo Ricardo. Carlos Torres Gonçalves, a família, a pátria e a huma-nidade: a recepção do positivismo por um filho espiritual de Auguste Comte e de Clotilde de Vaux no Brasil (1875-1974). 2003. Tese (doutorado em História). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2003.

SALGADO, Ivone; PICCINATO JUNIOR, Dirceu. O saber técnico de profissio-nais das engenharias na conformação do urbano no nordeste do estado de São Paulo. Estudos de caso Cristais Paulista e Orlândia. Cadernos de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo. São Paulo: Mackenzie, 2011.

SANTOS, Milton. Espaço e Método. São Paulo: Nobel, 1997.

SIMÕES JÚNIOR, José Geraldo. O ideário dos engenheiros e os planos reali-zados para as capitais brasileiras ao longo da Primeira República. In: CAM-POS, Cristina de; ANTIQUE, Fernando; DANTAS, George A. F. Profissionais, práticas e representações da construção da cidade e do território. São Pau-lo: Alameda, 2013.

Publicado
2021-04-07
Como Citar
Nardino, C., & Piccinato Junior, D. (2021). Teoria e práticas urbanas: estética, conhecimento e o traçado urbano da cidade de Erechim/RS. arq.Urb, (30), 5-16. https://doi.org/10.37916/arq.urb.vi30.446
Seção
Artigos