Traduzindo Ferro para a Nova Área de Estudos da Produção: Uma colaboração entre Reino Unido e Brasil

  • Katie Lloyd Thomas Newcastle University
Palavras-chave: Sérgio Ferro, Estudos da Produção, construção

Resumo

Este artigo rastreia o surgimento e trajetória de uma colaboração de três anos e meio entre o Reino Unido e Brasil, um projeto chamado “Traduzindo Ferro / Transformando Conhecimentos de Arquitetura, Design e Trabalho para Estudos da Nova Área de Produção (TF/TK)” inaugurada em primeiro de Outubro de 2020. O projeto destaca o crescente interesse no trabalho de Sérgio Ferro em arquitetura e mão-de-obra em países cujo idioma é o Inglês, e estabelece como isso a base para uma nova e muito necessária interdisciplinaridade e interculturalidade no campo dos Estudos da Produção. O principal objetivo dessa nova área é desafiar a cegueira da arquitetura direcionada à produção, e entender e interrogar o design e a construção através de contextos culturais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Katie Lloyd Thomas, Newcastle University

Professora de Teoria e História da Arquitetura na Universidade de Newcastle e editora do Architectural Research Quarterly. Ela é pesquisadora principal no Reino Unido do projeto AHRC financiado pela FAPESP Translating Ferro / Transforming Knowledges (2020-2024).

Referências

ARANTES, Pedro. Reinventing the Building Site. In ANDREOLI, Elisabetta e FORTY, Adrian (orgs.). Brazil’s Modern Architecture. London: Phaidon, 2004.

CARVAIS, Robert et al (orgs.). Nuts & Bolts of Construction History: Vols.1-3. Paris: Picard, 2013.

CONTIER, Felipe. An Introduction to Sérgio Ferro. In LLOYD THOMAS, Katie et al. Industries of Architecture. London: Routledge, 2015.

FERRO, Sérgio. Concrete as Weapon (trad. FIUZA, Alice and KAPP, Silke). Harvard Design Magazine No.4. dez. 2018.

FERRO, Sérgio Ferro. Dessin/Chantier. Paris: Éditions de la Villette, 2005.

FERRO, Sérgio. Dessin/Chantier: An introduction (trad. AGAREZ, Ricardo e KAPP, Silke). In LLOYD THOMAS, Katie et al. Industries of Architecture. London: Routledge, 2015.

LIRA, José T., Architectural Criticism and radicalism in Brazil. In PREISER, Wolfgang F. E. et al.(orgs.). Architecture Beyond Criticism: Expert judgement and performance evaluation. London: Routledge, 2015.

LLOYD THOMAS, Katie et al. Industries of Architecture. London: Routledge, 2015.

MOM (Morar de Outras Maneiras). Architecture as Critical Exercise: Little Pointers Towards Alternative Practices. Field Journal Vol. 2 (1) dez. 2008. Disponível em: http://field-journal.org/wp-content/uploads/2016/07/Architecture-as-Critical-Exercise_MOM.pdf . Visita em: 29 de agosto de 2020.

WILLIAMS, Richard J. Brazil: Modern architectures in history. London: Reaktion, 2009.

https://www.frac-centre.fr/_en/biennales/years-solitude/landscapes/dreams-seen-close/dreams-seen-close-1162.html. Visita em: 07 de agosto de 2020.

https://www.spatialagency.net/database/sergio.ferro. Visita em: 08 de agosto de 2020.

Publicado
2020-12-08
Como Citar
Thomas, K. L. . (2020). Traduzindo Ferro para a Nova Área de Estudos da Produção: Uma colaboração entre Reino Unido e Brasil. arq.Urb, (29), 87-90. https://doi.org/10.37916/arq.urb.vi29.485
Seção
Artigos